Engenharia Florestal

A profissão

O engenheiro florestal elabora e executa projetos de reflorestamento para produção e colheita de madeira e recursos não-madeireiros, transformando essas matérias primas por meio de processos industriais, além de ser responsável pelo manejo sustentável de florestas naturais.

 

O curso

O curso de Engenharia Florestal da USP/ESALQ oferece ao aluno disciplinas básicas nas áreas das ciências exatas e biológicas como cálculo, física, bioquímica, biologia celular, genética, botânica e zoologia; profissionalizantes gerais como interação clima-planta, microbiologia, solos, máquinas agrícolas, sociologia e construções rurais; profissionalizantes específicas como produção de sementes e mudas florestais, planejamento de plantios, colheita e transporte florestal, industrialização de produtos florestais, estudo de leis e políticas públicas relacionadas às florestas brasileiras, conversação e uso racional de florestas nativas.

bacharelado | 40 vagas | período integral | duração 5 anos

 

Consulte as seguintes informações:

Mercado de trabalho

O engenheiro florestal atua em propriedades rurais, empresas, indústrias de grande, médio e pequeno porte, ONGs, órgãos governamentais, comunidades quilombolas, indígenas e rurais, com atividades nas áreas de:

  • silvicultura e manejo: produção de mudas, plantio, cuidados pós-plantio e levantamentos quantitativos e qualitativos do desempenho das árvores;
  • ecologia aplicada (conservação da natureza): elaboração, execução e fiscalização de projetos de restauração de florestas e adequação ambiental, análise de impactos ambientais como construção de barragens e instalação de novos bairros e condomínios, supervisão de unidades de conservação (flora e fauna) e educação ambiental;
  • tecnologia de produtos florestais: processos de produção de madeira serrada, móveis, celulose, papel, bioenergia, painéis de madeira, carvão e obtenção de resinas, óleos essenciais, entre outros produtos extraídos da floresta.

Ressalta-se que, ao aluno que cumprir as disciplinas do programa de Licenciatura em Ciências Agrárias, é conferido um segundo diploma, que permite dar aulas na educação profissional (ensino médio) na área de ciências agrárias, envolvendo as subáreas de agropecuária, florestal e meio ambiente. Possibilita, também, a qualificação profissional para atividades de educação ambiental em museus, empresas. ONGs e órgãos públicos.

 

Vestibular da Fuvest

  • as datas para isenção/redução da taxa de inscrição, inscrições e provas são definidas em maio;
  • agosto: manual do candidato disponível para consulta no site da Fuvest;
  • final de agosto/início de setembro: inscrições pela internet no Vestibular da Fuvest.

Os bônus do Programa de Inclusão Social da USP (Inclusp) são oferecidos a alunos oriundos de escolas públicas que se inscreveram na Fuvest. Os bônus do Inclusp podem chegar a 20%, conforme o grupo no qual o candidato se inserir, que incidem sobre a nota da primeira fase e a nota final do vestibular. Saiba mais em: www.usp.br/prg.

 

Sisu - Enem

Para orientações sobre os procedimentos e inscrições no Sisu - Enem, acesse http://sisu.mec.gov.br/. Na ESALQ, os cursos de graduação que aderiram ao Sisu - Enem, em 23 de junho de 2015, na modalidade de ampla concorrência, são: Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal e Gestão Ambiental. Clique aqui para consultar a notícia publicada na Sala de Imprensa da USP.

 

Contato

Para esclarecer suas dúvidas, entre em contato com a Comissão de Coordenação de Curso.

 

Saiba mais

Vídeo institucional

TV USP Informa: Conheça o curso de Engenharia Florestal

 

Produzido pela Siesalq

Copyright © 2014 - Universidade de São Paulo