Teses defendidas na ESALQ receberão Prêmio Capes de Tese 2017

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) divulgou em 10/10 o resultado do Prêmio Capes de Tese 2017, outorgado às melhores teses de doutorado defendidas em 2016.

Entre os selecionados, três teses foram defendidas na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP/Esalq).

Na área de Ciências Agrárias I o premiado foi Rafael Battisti, orientado pelo professor Paulo Cesar Sentelhas, do departamento de Engenharia de Biossistemas.  A tese tem o título de"Calibration, uncertainties and use of soybean crop simulation models for evaluating strategies to mitigate the effects of climate change in Southern Brazil" e foi defendida no Programa de pós-graduação de Engenharia de Sistemas Agrícolas

Na área Ciência de Alimentos, Adriano Costa de Camargo,orientado pela professora Marisa Aparecida Bismara Regitano D'Arce, do departamento de Agroindústria, Alimentos e Nutrição, será premiado pela tese intitulada “Hurdles and potentials in value-added use of peanut and grape by-products as sources of phenolic compounds”, defendida no Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos.

Na área de Zootecnia e Recursos Pesqueiros, Fábio Pértille, orientado pelo professor Luiz Lehmann Coutinho,do departamento de Zootecnia, será premiado pela tese intitulada“Unraveling important genetic associations and differential methylation profiles using reduced genome sequencing in chickens”, defendida no Programa de Pós-graduação em Ciência Animal e Pastagens.

“A Pós-Graduação da ESALQ parabeniza a todos, orientados e orientadores, pelo excelente trabalho que levou à essa premiação, o qual coloca em destaque a pesquisa desenvolvida em nossa Unidade”, comentou o presidente da Comissão de Pós-graduação, professor Fernando Consoli.

A cerimônia de entrega dos prêmios ocorrerá no dia 7 de dezembro de 2017, em Brasília.

Prêmio Capes de Tese – O Prêmio consiste em diploma, medalha e bolsa de pós-doutorado nacional de até 12 meses para o autor da tese; auxílio para participação em congresso nacional, para o orientador, no valor de R$ 3 mil; distinção a ser outorgada ao orientador, coorientador e ao programa em que foi defendida a tese; além de passagem aérea e diária para o autor e um dos orientadores da tese premiada para que compareçam à cerimônia de premiação.

Texto: Caio Albuquerque (11/10/2017)

 

crédito: Marcos Santos/USP imagens

Produzido pela Siesalq

Copyright © 2015 ESALQ/USP