Mapa de quadros de formatura da Esalq é remodelado e ganha formato digital

Com a proximidade da tradicional Semana Luiz de Queiroz da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq/USP), que ocorre anualmente durante o mês de outubro, a instituição caminha de forma acelerada para finalizar programação, concluir adesões, adequar espaços para eventos, produzir material de divulgação, entre outros.

Por se tratar de evento que congrega egressos, há muito procura por produtos que imprimam o nome da “gloriosa” e grande expectativa em encontrar onde estão expostos os quadros de formatura. Para os ex-alunos, que participam da Reunião de Congraçamento acompanhados por familiares, se posicionarem diante dos seus quadros de formatura é um dos melhores momentos para reviverem os muitos anos de estudos, de relembrarem dos grandes mestres, de recordarem das boas amizades, de exaltarem o amor pela Escola e de demonstrarem o orgulho em terem se graduado pela Universidade de São Paulo (USP).

Há anos, a Escola oferece um folder que mapeia a posição desses quadros instalados no Edifício Central. A partir desta edição, totalmente remodelado, colorido e com todos os setores do Edifício identificados, a Divisão de Comunicação (DvComun), responsável pela produção do material, inseriu um aditivo, o QRcode, que possibilita uma visualização ainda mais rápida e próxima do egresso.

Os egressos que habitualmente visitam a Esalq já poderão encontrar o QRcode do Mapa no balcão de recepção do Edifício Central.

A 61ª Semana Luiz de Queiroz ocorrerá entre 08 e 13 de outubro de 2018.

Acesse 

Texto do folder

O folder foi criado para facilitar a procura dos quadros de formatura dos ex-alunos da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq), unidade da Universidade de São Paulo (USP) localizada em Piracicaba. Desde o princípio, a prática da produção desses quadros foi de iniciativa dos formandos que tinham orgulho de deixar registrado suas formações na Escola idealizada por Luiz Vicente de Souza Queiroz.

O primeiro quadro, exposto ao lado do elevador do Edifício Central, reúne as quatro primeiras turmas de engenheiros agrônomos formados na então Escola Agrícola Prática São João da Montanha (1903, 1904, 1905 e 1906). Esses acadêmicos, variando entre três e sete em cada turma, eram oriundos dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Sergipe.

Fundada em 03 de junho de 1901, a Esalq conservou o hábito de expor os quadros confeccionados pelos alunos no Edifício Central, local onde também aconteciam os glamourosos bailes de formatura. A partir do ano de 1973, por não comportar mais quadros no interior do prédio, optou-se por produzir placas de formatura em bronze, as quais se encontram expostas na varanda térrea do Edifício Central.

A Escola, que inicialmente oferecia apenas o curso de Engenharia Agronômica, ampliou seus horizontes e passou a oferecer outros cursos de graduação voltados às ciências agrárias, ambientais, biológicas e sociais aplicadas (Engenharia Florestal, Economia Doméstica, Ciências Econômicas, Ciências dos Alimentos, Gestão Ambiental, Ciências Biológicas e Administração). Hoje, conta com cerca de dois mil alunos matriculados, procedentes de todos os cantos do País.

TextoAlicia Nascimento Aguiar | MTb 32531 | 1º.10.2018

Ao se depararem com os quadros de formatura de suas turmas, egressos exaltam o amor pela Esalq (Crédito: Cristiano Ferrari - DvComun)

Produzido pela Siesalq

Copyright © 2015 ESALQ/USP