ESALQ reconhecerá Professores Eméritos

Na próxima quinta-feira, 31/08, a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP/ESALQ) realizará a Sessão Solene da Congregação para outorga de títulos de Professor Emérito. Em cerimônia a ser realizada as 15h30, no Salão Nobre, serão condecorados Helládio do Amaral Mello (in memorian), Otto Jesu Crócomo e Vidal Pedroso de Faria, docentes que se distinguiram em atividades didáticas e de pesquisa e contribuíram de modo notável para o progresso da Escola e para o desenvolvimento da ciência.

Helládio do Amaral Mello – Nasceu em Piracicaba, em 18 de agosto de 1917. Engenheiro Agrônomo formado em 1943 pela ESALQ, ingressou como docente na instituição em 1954. Na ESALQ, foi vice-diretor na gestão do prof. Ferdinando Galli (1970 a 1974). Também foi chefe do departamento de Silvicultura, hoje departamento de Ciências Florestais. Em 1971, conseguiu autorização para a criação do curso de Engenharia Florestal na ESALQ, o terceiro do País, que já formou mais de 1.000 engenheiros florestais. Em 1976, auxiliou na implantação do curso de Pós-Graduação em Engenharia Florestal, em nível de mestrado. Foi responsável pela incorporação à USP/ESALQ da Estação Experimental de Anhembi/SP e da Estação Experimental de Itatinga/SP. O prof. Helládio do Amaral Mello faleceu em 28 de agosto de 2008.

Otto Jesu Crocomo – Nasceu em Piracicaba, em 23setembro de 1932. Ingressou na ESALQ em 1953 e foi aprovado no concurso de Livre-Docenteemsetembro de 1959, doisanos e meioapósdiplomado e contratado em 1960 como assistente do Prof. Eurípedes Malavolta, na cadeira de Química Orgânica e Química Biológica. Foi um dos fundadores do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA) em 1960. Professor Titular em 1975 e foi chefe e vice-chefe por mais de 20 anos do Departamento de Química. Aposentou-se em 1989, mas continuou suas atividades como prof. sênior até 2001.

Vidal Pedroso de Faria – Nascido em Pouso Alegre (MG), em 5 de maio de 1940, Vidal Pedroso de Faria ingressou como estudante de Engenharia Agronômica em 1960 e, para concluir o curso, em 1964, escolheu a especialização em Zootecnia. Seu primeiro emprego foi na Fazenda Ipanema, do Ministério da Agricultura, mas em agosto de 1965, a convite do professor Aristeu Mendes Peixoto, foi contratado pelo Departamento de Zootecnia da ESALQ. Entre 1987 e 1989 ocupou o cargo de administrador do campus Luiz de Queiroz e, entre 1992 e 1994, chefiou o departamento de Zootecnia da ESALQ, sendo responsável por disciplinas de graduação e pós-graduação em nutrição, produção e manejo de bovinos leiteiros e de corte. Aposentou-se em 1995 e, por 22 anos, foi o responsável pelo editorial da Revista Balde Branco, da Cooperativa Central de Laticínios do Estado de São Paulo.

Texto: Caio Albuquerque (30/08/2017)

Cerimônia será realizada nesta quinta-feira, no Salão Nobre (crédito: Gerhard Waller)

Produzido pela Siesalq

Copyright © 2015 ESALQ/USP