ESALQ diploma Professores Eméritos

Em cerimônia ocorrida nesta quinta-feira, 31/08, a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP/ESALQ) outorgou o título de Professor Emérito a três docentes. Diante de dirigentes da USP, da ESALQ, além de docentes, funcionários técnicos e administrativos, alunos de graduação e pós-graduação, foram condecorados Helládio do Amaral Mello (in memorian), Otto Jesu Crócomo e Vidal Pedroso de Faria, docentes que se distinguiram em atividades didáticas e de pesquisa e contribuíram de modo notável para o progresso da Escola e para o desenvolvimento da ciência.

Otto Jésu Crócomo, docente aposentado, que atuou com temas relacionados à Química, falou da importância desse reconhecimento.

“Esse diploma de Emérito foi algo inesperado. Galguei todos os graus da carreira acadêmica até chegar a professor titular, mas receber mais esse reconhecimento significa que a Universidade considerou positiva toda a minha atuação junto das pessoas com as quais convivi. E enquanto estiver vivo continuarei a procurar desafios a serem vencidos, impulsos que me motivem a continuar contribuindo com a ciência”.

Marilda Helena de Mello Sachs, filha do professor Helládio, recebeu o reconhecimento em nome de seu pai, falecido em 2008, e comentou sobre a emoção desse momento. “É uma emoção muito grande, receber esse reconhecimento pelo trabalho do meu pai, que atuou não só pela ESALQ, mas em prol de toda a ciência florestal brasileira. O professor Helládio foi um desbravador e, se vivo fosse, estaria completando 100 anos, de maneira que essa homenagem é significativa e merecida”.

Para o docente aposentado do Departamento de Zootecnia, Vidal Pedroso de Faria, a felicidade pelo diploma de professor emérito caracteriza uma vida dedicada à docência. “Estou muito sensibilizado, fui professor a vida inteira e esse título significa muito para minha trajetória. Vem coroar toda a minha atividade dedicada à pecuária, além de ser mais uma ótima oportunidade de rever os amigos que fiz nos cinquenta anos que morei em Piracicaba”, declarou Vidal, que hoje reside em Sorocaba (SP).

Para o diretor da instituição, professor Luiz Gustavo Nussio, o título de Professor Emérito reconhece a competência técnica dos homenageados, além de um conjunto de valores humanos. “Cada um desses docentes traz uma reputação de sucesso. São pessoas respeitadas pela sociedade e muito queridos pelos seus pares, alunos e companheiros de universidade. Eles têm o mérito de terem se tornado lideranças reconhecidas pelas carreiras que trilharam, pelos valores humanos que carregam e pelo padrão de atitude característico da ESALQ”, finalizou o dirigente.

Texto: Caio Albuquerque (31/08/2017)

Otto Jesu Crócomo, Marilda Helena de Mello Sachs e Vidal Pedroso de Faria (crédito: Gerhard Waller)

Produzido pela Siesalq

Copyright © 2015 ESALQ/USP