AGROdestaque entrevista Yasuzo Ozeki (F-1969)

Editoria: 

Atuação Profissional
Engenheiro Agrônomo formado em 1969, com especialização em Fitotecnia e realização do primeiro curso de Coordenadores em Aviação Agrícola. Durante a graduação, realizei estágio na Seara Defesa Vegetal LTDA, início da pulverização aérea na cultura do algodão. Posteriormente, participei da Fundação da empresa Serrana S/A de Aviação Agrícola (Grupo BUNGE) como Gerente Operacional. Atuei também como Gerente da Divisão Agrícola da Votec Serviços Aéreos Regionais S/A - Pulverização Aérea com Helicópteros. Além disso, trabalhei no Departamento Técnico da Ciba Geigy Química S/A, como chefe do setor de Tecnologia de Aplicação de Defensivo e, a partir de 1997, iniciei minha carreira como consultor na Spraytec Serviços Agrícolas LTDA.

A que área ou setor se dedica atualmente? Descreva as atribuições pertinentes ao cargo que ocupa. Qual a importância delas para o mercado?
Atualmente, ofereço consultoria na área de Tecnologia de Pulverização Aérea e Terrestre para as empresas multinacionais fabricantes de agroquímicos e seus distribuidores, usinas de açúcar e álcool, cooperativas agrícolas e empresas agropecuárias. Atuo prestando serviços de assistência técnica no aprimoramento da tecnologia de pulverização aérea e terrestre e uso correto e seguro de agrotóxicos para evitar problemas de contaminação ambiental.

Quais os principais desafios desse setor?
Convencer os ambientalistas da necessidade do uso de agrotóxicos na produção de alimentos e uma formação melhor dos alunos das escolas de Agronomia, pois a maioria dos recém-formados tem pouco ou nenhum conhecimento técnico em tecnologia de pulverização, tanto para aérea como terrestre.

Que tipo de profissional esse mercado espera?
Profissional com conhecimento técnico capaz de treinar adequadamente todos os profissionais que trabalham nessa área: Pilotos Agrícolas e Engenheiros Agrônomos coordenadores em Aviação Agrícola.

Entrevista concedida a Ana Carolina Brunelli, estagiária de Jornalismo
06/05/2016

Engenheiro agrônomo fala sobre sua atuação em consultoria de Tecnologia de Pulverização Aérea e Terrestre (Crédito: Divulgação)

Produzido pela Siesalq

Copyright © 2015 ESALQ/USP