Agrodestaque entrevista Carolina Furlan Carcaioli Bilato

Editoria: 

Trajetória e atuação profissional.

Formada em Gestão Ambiental na turma de 2014, desde que sai da Esalq, não me encontrava para trabalhar no mercado, então resolvi abrir meu próprio negocio. Hoje tenho minha empresa, que se chama Espaço Copaíba. Trabalho com cultivo de cogumelos frescos e brotos vegetais comestíveis.

 

Fale um pouco sobre suas atribuições.

Trabalho com agricultura. Como proprietária faço quase tudo, gerenciamento da produção, atividades comerciais e financeiras. Acredito que a importância é aproximar o consumidor da produção e agrícola.

 

Quais os principais desafios desse setor?

Os desafios são selecionar mão de obra, pois ainda existe certo preconceito nesse setor. Outros desafios são o escoamento da produção e a concorrência crescente

 

Que tipo de profissional esse mercado espera?

Geralmente o mercado esta acostumado com pessoas sem estudo específico, mas pessoas com formação profissional acabam se destacando e aproveitando melhor as oportunidades.

Texto: Gabriela Martins Spolidoro | Estagiária de Jornalismo

Revisão: Caio Albuquerque

Entrevista concedida em 01/08/2018

Carolina Furlan, empresária do Espaço Copaíba (crédito: acervo pessoal)

Produzido pela Siesalq

Copyright © 2015 ESALQ/USP